Navigation

Para Marconi, trem Brasília/Goiânia já é uma realidade

O governador Marconi Perillo disse, durante o programa “Governador Responde” que o trem ligando Brasília/Goiânia é uma realidade, apesar de “alguns acharem que é difícil”. Ele renovou a expectativa de que ainda este ano as próximas etapas burocráticas sejam vencidas para que a licitação que escolherá a empresa responsável pela construção do ramal seja escolhida.

O projeto tem sido tratado com prioridade pelo governador. Esteve na pauta dos encontros que realizou com empreendedores árabes durante viagem ao Oriente Médio e na audiência com o presidente Michel Temer na última quinta-feira (9).
Marconi entende que a consolidação do projeto irá fortalecer ainda mais o eixo Goiânia/Brasília, hoje o segundo em consumo no País.
Trem Brasília/Goiânia
Eu levei para os fundos soberanos o projeto do trem Brasília/Goiânia que está se tornando realidade. Alguns dizem que é difícil. Se eu não tivesse começado a tratar deste assunto lá atrás, no ano 2000, nós não teríamos agora o estudo de viabilidade técnica e ambiental pronto. Não estaríamos próximos do lançamento da PMI e do processo de licitação. O mais importante é que isso vai ser uma concessão privada. O dinheiro virá do setor privado. Eu falei com o presidente que nós temos agora que levar esse projeto para apresentar a quem tem dinheiro, ou seja, os chineses, os árabes orientais e outros investidores dos Estados Unidos para que eles venham aqui. O Brasil está muito tímido em relação a transporte de massa, principalmente de trens de alta velocidade ligando os nossos estados, as nossas grandes metrópoles. Na China, na Espanha, na França, na Inglaterra, no Japão, por toda parte, isso é comum, é inerente ao cotidiano dos orçamentos dos países. Aqui nós não temos nenhuma capital ligada a outra por trem de passageiros de alta velocidade. Esse projeto está sendo trabalhado por nós. Desde 2011 que eu persigo a realização desse Estudo de impacto que custou milhões de reais aos cofres do governo federal. Já fizemos uma modelagem econômico-financeira para viabilizar o empreendimento. Está pronto. O próximo passo será a licitação da proposta de manifestação de interesses, para vermos quais empresários vão querer participar do projeto para depois fazermos a licitação da concessão. Imagino que em mais um ano a gente tenha isso já bastante claro. O fato é que precisamos brigar o tempo todo quando pensamos no interesse público, no interesse maior do estado e no futuro de Goiás. Esse eixo Brasília/Goiânia é o segundo eixo econômico do Brasil. Na medida em que a gente tenha esses investimentos feitos, nós vamos transformar essa região em um grande polo tecnológico, de desenvolvimento e de geração de empregos.
Audiências em Brasília
Estive com a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia e com o ministro da Justiça, Osmar Serraglio, que acabou de assumir. Eu fui o segundo governador a visitá-lo. Levei um estudo que foi feito pela OAB-Goiás e pela Secretaria de Segurança na época do então secretário, vice-governador José Eliton. Preparei com minha equipe uma síntese desses projetos que envolvem o Sistema Prisional, o próprio financiamento da segurança pública, dentre outros aspectos e entreguei como contribuição à presidente do STF, que tem demonstrado muita sensibilidade, especialmente em relação ao Sistema Carcerário no Brasil. Entreguei-lhe essa sugestão, até porque ela é também presidente do Conselho Nacional de Justiça e tem provocado muita discussão sobre a precariedade do sistema prisional brasileiro. Depois levei um conjunto de sugestões e também de pedidos ao ministro da justiça. Eu sugeri a ele que trate com o presidente Temer para colocar essa questão dos presídios como prioridade número 1. Também sugeri que seria importante que o presidente anunciasse um pacote muito expressivo de recursos para o sistema penitenciário para que acabemos com essa coisa de presídios superlotados. Para isso é preciso construir presídios regionais. Eu levei um pedido de R$ 500 milhões para que a gente possa regionalizar o sistema prisional no nosso estado. Conversamos sobre vários outros assuntos. Ontem meu dia em Brasília foi de muitos contatos. Conversei com o presidente da República, com a presidente do STF, com os presidentes do Senado e da Câmara e com o ministro da Justiça. Foram contatos muito importantes para Goiás e para o nosso País.
Fonte: Diário de Goiás
Share
Banner

David Rodrigues

Post A Comment:

0 comments: