Navigation

Prefeitura de Águas Lindas e Governo do Estado realizam manejo ambiental na região do Jardim Santa Lúcia


Com o objetivo de conter o avanço da proliferação de criadouros do mosquito Aedes aegypti transmissor de dengue, zika vírus e chikungunya e também da febre amarela, a Prefeitura de Águas Lindas de Goiás em parceria com o Governo do Estado de Goiás, realizou na manhã da quarta-feira (25), mais um manejo ambiental na região do Jardim Santa Lúcia, localidade que tem uma atenção especial por parte da Secretaria Municipal de Saúde pela incidência de focos na localidade. Outro ponto da escolha para realização do trabalho e sua proximidade com a zona rural e serve como um bloqueio contra o mosquito Haemagogus vetor responsável do ciclo silvestre em áreas florestais. Segundo o diretor de vigilância em Saúde, Euder Vieira não é o caso de uma campanha. “São medidas que tem como objetivo a prevenção e realização de bloqueio em virtude caso ocorrido em cidades vizinhas”. O prefeito Hildo do candango destaca a importância do trabalho de conscientização da população nesta luta contra os malefícios. “Todos devemos estar engajados e atentos para possíveis locais de focos. E muito importante que a comunidade entenda que precisamos eliminar qualquer local. Aproveito a oportunidade para agradecer o apoio recebido pelo Governo do Estado através da Regional de Saúde Entorno Sul e do Corpo de Bombeiros nestas ações que deverão ser realizadas também em outras localidades de nosso município”, disse Hildo. Mais de 150 pessoas participaram da ação dentre eles servidores municipais e estaduais, corpo de Bombeiros que atuaram sob a coordenação de Vigilância de Endemias e Vigilância em Saúde da secretaria Municipal de Saúde. Os agentes realizaram a visita em centenas de residências realizando a fiscalização e trazendo informações para os moradores sobre a melhor maneira de eliminar possíveis focos do mosquito. Veja as orientações de quem devem ou não tomar a vacina contra a febre amarela:

Share
Banner

David Rodrigues

Post A Comment:

0 comments: